<%@LANGUAGE="VBSCRIPT" CODEPAGE="65001"%> <%pagina = "programas"%> ADD - Associação Desportiva para Deficientes Físicos changeHeader <%end if%>">

PROGRAMAS DE ALTO RENDIMENTO

BASQUETE EM CADEIRA DE RODAS - Equipe ADD - Magic Hands

ADD/Magic Hands é uma equipe de basquetebol em cadeira de rodas composta por cerca de 24 atletas que desde 1997 vem sendo mantida pela ADD. A equipe é Penta Campeã Brasileira, ( 2010, 2011 e 2014, 2015 e 2018) primeira no Ranquink Brasileiro, Tri- Campeã Paulista de basquete em Cadeira.

A equipe Participa do Campeonato Paulista, Campeonato Brasileiro e das principais competições Nacionais e Internacionais da Modalidade tais como Campeonato Spitfire Challange realizado em 2000 em Toronto no Canadá e o primeiro Campeonato Sulamericano Interclubes realizado em 2012 em Bogotá/Colombia.

Os profissionais da ADD orientam os atletas para que possam adquirir profundos conhecimentos relacionados a preparação técnica e tática do basquetebol em cadeira de rodas, tornando-os aptos a integrarem a seleção brasileira.

  • Nos anos de 2004, 2008 e 2012 e 2016 atletas e comissão técnica da equipe ADD/Magic Hands integraram a Seleção Brasileira de Basquetebol em Cadeira de Rodas durante as Paraolimpíadas de Atenas, Pequim e Londres e Rio de Janeiro, respectivamente. Nossa equipe técnica possui intercâmbio em nível técnico, tático e equipamentos com a Universidade de Loma Linda, na Califórnia.
  • Os atuais integrantes do ADD/Magic Hands estão entre os melhores atletas do basquete em cadeira de rodas do Brasil. Além disso, o treinamento da ADD visa preparar atletas para reforçar a seleção brasileira. A equipe técnica especializada garante as melhores condições para o atleta desempenhar sua função.

blog-single-image

Histórico

  • 1998 - Primeira formação equipe Magic Hands
    Componentes: Paulo Xavier, Valdir, Adilson, Edvaldo, Nilo, Celestino, Carlos Alberto, Lori, Edilson Alves, Fernando Aranha, Fábio Souza, Claudio Francisco.
    Comissão Técnica: Steven Dubner (técnico), Eliane Lemos e Elisabeth Fernandes (psicologia), Thiago Gorgatti (Assistente Técnico), Sandra Ribeiro (Nutricionista), Dr. Jucá (Médico); Dumas (Fisioterapeuta).
  • 2000
    Componentes: Claudio Francisco, Alex Alves, Paulo Xavier, Fernando Aranha, Adilson, Valdir Moreira, Celestino Suursoo, Pipoca, Fernando Aranha, Isnaldo, Fábio Souza, Lori, Edilson Alves.
    Comissão Técnica: Steven Dubner (técnico), Thiago Gorgatti (Assistente técnico), Eliane Lemos e Elisabeth Fernandes (Piscologia), Regina Célia (Nutricionista), Dumas (Fisioterapeuta).
  • 2000 - Equipe Magic Hands Feminino
    Componentes: Vilma Miranda, Fabiana Silva, Nanci Gomes, Monica Fernanda, Ade, Neide.
    Comissão Técnica: Thiago Gorgatti (técnico), Matheus Nascimento (Assistente técnico).
  • 2003 - Vice Campeão Torneio Regional, 3º colocado Paulista, 5º Colocado Copa do Brasil
    Componentes: Paulo César (Jatobá), Edilson Alves, Valdir Moreira, Celestino Suursoo, Carlos Alberto, Erick Epaminondas, Expedito Avelino, Fábio Souza, José Genival (Tri), Sidnei Pereira, Fábio Ricci, Everaldo Caetano.
    Comissão Técnica: Sileno Santos (Técnico), Regina Célia (Nutricionista), Vera Godoy (Assistente Técnica), Denise Gardinalle (Fisioterapeuta).
  • 2004 - Terceiro Colocado Torneio Regional; 3º Colocado Paulista, vice-campeão Brasileiro.
    Componentes: Celestino Suursoo, Erick Epaminondas, Expedito Avelino, Fábio Souza, Sidnei Pereira, Fábio Ricci, Everaldo Caetano, Ademar Munin, Willian Silva, Lorival, Vilma Miranda, Thiago Fernando, Nanci Gomes, Ricardo Silva, Edson Mariano, Valter Pinto.
    Comissão Técnica: Sileno Santos (Técnico), Regina Célia (Nutricionista), Lia Barros: Preparadora Física, Henrique Caetano: Assistente técnico.
  • 2005 - Vice Campeão Regional, Vice-Campeão Paulista, terceiro colocado Brasileiro.

    Componentes: Thiago Fernando, Walter Pinto, Ademar Munin, Willian Silva, Everaldo Caetano, Edson Mariano, Carlos Roberto (Betão), Erick Epaminondas, Gelson Júnior, Expedito Avelino, Celestino Suursoo, Everaldo Caetano.
    Comissão Técnica: Sileno Santos (técnico), Vinícius Rodrigues (Assistente técnico), Denise Gardinalle (Fisioterapeuta), Regina Célia (Nutricionista), Paulo André (Apoio).
  • 2006 - Quarto Colocado Campeonato Paulista e Regiona, Sétimo lugar Brasileiro.
    Componentes: Atletas: Thiago Fernando, Gelson Júnior, Expedito Avelino, Celestino Suursoo, Vilma Miranda, Paulo Xavier, Bruno Eduardo, Donizete Esteves, Ramires Matias.
    Comissão Técnica: Sileno Santos (técnico), Vinícius Rodrigues (Assistente técnico), Regina Célia (Nutricionista), Paulo André (Apoio).
  • 2009 – Campeã Paulista
    Componentes: Ademar Munin, Thiago Oliveira, André Rubens, Vagner Holanda, Willian Prudêncio, Gelson Júnior, Leandro Soares, Marcos Candido, José Marcos (Pipoka), Sérgio Alexandre, Ramires Matias, Carlos Roberto (Betão).
    Comissão Técnica: Sileno Santos (técnico), Regina Célia (Nutricionista), Paulo André Feitosa (Apoio).
  • 2010 – Campeão Brasileiro
    Componentes: Ademar Munin, Thiago Oliveira, André Rubens, Vagner Holanda, Willian Prudêncio, Gelson Júnior, Leandro Soares, Marcos Candido, José Marcos (Pipoka), Sérgio Alexandre, Ramires Matias, Rodrigo Arão.
    Comissão Técnica: Sileno Santos (técnico), Regina Célia (Nutricionista), Paulo André Feitosa (Apoio); Jurandir Neto e Alexandre Silva (Assistentes Técnicos), Marcela Prado (Psicóloga).
  • 2011 – Bi-Campeão Brasileiro
    Componentes: Ademar Munin, André Rubens, Vagner Holanda, Willian Prudêncio, Gelson Júnior, Marcos Candido, José Marcos (Pipoka), Rodrigo Arão, Carlos Roberto (Betão), Edson Mariano Leal, Glebe Candido.
    Comissão Técnica: Sileno Santos (técnico), Regina Célia (Nutricionista), Paulo André Feitosa (Apoio); Rafael Abrão (Assistentes Técnico). 2012 – Terceiro Lugar – Campeonato Sulamericano – Bogotá Colombia.

Fotos

BOCHA PARALÍMPICA

A equipe de Bocha Paralimpica da ADD é composta por cerca de 15 atletas das classes BC1/BC2/BC3/BC4 que desde 2012 vem sendo mantida pela ADD - Associação Desportiva para Deficientes. Iniciando suas atividades dentro da ADD Escola de Esportes da ADD, com a procura de crianças e adolescentes com Paralisia Cerebral e deficiências severas, que buscavam através da ADD serem introduzidas no esporte e atividades esportivas. Com essa necessidade foi idealizado o grupo mobilidade, que mais tarde se tornaria o grupo de Bocha, com o intuito de desenvolver de forma lúdica atividades de raciocínio e a modalidade para acrescentar movimentos a vida dessas crianças e adolescentes com um grau severo de mobilidade.

Com a evolução e crescimento dos alunos a ADD Escola de Esportes, iniciou um trabalho de desenvolvimento esportivo, da iniciação ao rendimento através da modalidade de Bocha com um direcionamento maior. Em 2013 houve a primeira participação das crianças do grupo da Bocha nos Jogos Escolares do Estado de São Paulo sendo estes a Seletiva Escolar Paralímpica do Estado de São Paulo, em que no mesmo ano se fez representar o Estado nas Paralímpiadas Escolares 2013 com 2 alunos na Classe BC1 (para paralisados cerebrais), com bons resultados e estímulo para continuidade da equipe que estava ali sendo formada.

A equipe começou a competir em nível nacional adulto em 2016 com 1 atleta da Classe BC2 nos Jogos Paralímpicos Universitários, sendo o mesmo vice-campeão da Classe, e em nível estadual no ano de 2017 na segunda divisão do Campeonato Paulista de Bocha Paralímpica, onde no mesmo ano conseguiu o feito de subir 1 atleta da Classe BC1 para a primeira divisão em 2018.

Também no ano de 2017, 1 atleta da Classe BC1, conquistou a primeira medalha (prata) da equipe nas Paralímpiadas Escolares. Com isso veio a motivação e assim, com os resultados dos atletas da ADD, a equipe tem crescido e figurado entre as melhores equipes do Estado. Mesmo com pouco tempo competindo, a equipe já obtém grandes resultados como o Vice-Campeonato de 2018 na Classe BC2 (2a Divisão), além, de Campeã na Classe BC1 (2a divisão) 2019, 3° Lugar na Classe BC1 (2a divisão) 2019 e 3° Lugar na Classe BC2 (2a divisão) do Campeonato Paulista de Bocha Paralímpica.

Como também nos anos de 2016, 2017, 2018 sendo Vice-campeã na Classe BC2, e em 2019 Campeã e 3° lugar na mesma classe dos Jogos Paralímpicos Universitários.

A primeira participação da Bocha Paralímpica da ADD no Regional Sudeste, que é considerado o maior e mais disputado do Brasil por qualificar os atletas para o Campeonato Brasileiro da modalidade, aconteceu em 2018 com 1 atleta na Classe BC1 e 1 atleta na Classe BC2, isso com apenas 2 anos competindo em nível estadual que é o qualificatório para o Regional, e repetiu o feito participando em 2019 com 4 atletas sendo 2 na classe BC1 e 2 na Classe BC2.

Os atletas da equipe participam dos Jogos Escolares do Estado de São Paulo (Classificatório para as Paralimpiadas Escolares) desde 2013, Campeonato Paulista desde 2017, Campeonato Regional Sudeste 2018/2019, Paralimpiadas Escolares 2013/2017/2018/2019 e Paralimpiadas Universitárias 2016/2017/2018/2019. Tem seu grande objetivo traçado de classificar pela primeira vez para o Campeonato Brasileiro individual e em equipe da modalidade.

Os atuais integrantes da Bocha Paralímpica da ADD, estão entre os atletas de destaque da modalidade, sendo considerados os que melhor se destacam e têm um crescimento notável no Estado de São Paulo e recebem inúmeros incentivos de equipes e atletas de todo o Brasil. O treinamento da ADD visa preparar atletas para reforçar a seleção brasileira futuramente e desenvolver de forma ampla e global a modalidade para que mais adeptos se estimulem a participar deste esporte fantástico.

A Bocha Paralímpica da ADD conta com equipe técnica especializada que garante as melhores condições para o atleta desempenhar sua função. Os profissionais da ADD que desenvolvem a Bocha Paralímpica desde a iniciação até o rendimento, orientam os atletas para que possam adquirir profundos conhecimentos relacionados a preparação física, técnica e tática da Bocha Paralímpica, tornando-os aptos a integrarem a seleção brasileira desde a de Jovens até a Adulta.

Resumo das conquistas da Equipe de Bocha Paralímpica da ADD:

_*CAMPEONATO PAULISTA DE BOCHAPARALÍMPICA*_
🥉 Bronze - Equipe BC1/BC2 (Luís Henrique/Caio Martins/Matheus Albuquerque/Giovanna França) - Campeonato Paulista de Bocha 2019.
🥇 Ouro - Rhuan Liberato (Classe BC1) - Campeonato Paulista de Bocha (2a divisão) 2019.
🥉 Bronze - Jefferson Oliveira (Classe BC1) - Campeonato Paulista de Bocha (2a divisão) 2019.
🥉 Bronze - Miguel Ievenes (Classe BC2) - Campeonato Paulista de Bocha (2a divisão) - 2019.
🥈 Prata - Júlia Oliveira (Classe BC2) - Campeonato Paulista de Bocha (2a divisão) - 2018.

_*JOGOS PARALÍMPICOS UNIVERSITÁRIOS*_
🥇 Ouro - Luís Henrique (Classe BC2) - Jogos Paralímpicos Universitários 2019.
🥉 Bronze - Júlia Oliveira (Classe BC2) - Jogos Paralímpicos Universitários 2019.
🥈 Prata - William Martão (Classe BC2) - Paralímpiadas Universitárias 2018.
🥈 Prata - William Martão (Classe BC2) - Paralímpiadas Universitárias 2017.
🥈 Prata - William Martão (Classe BC2) - Paralímpiadas Universitárias 2016.

_*PARALÍMPIADAS ESCOLARES*_
🥈 Prata - Rhuan Liberato (Classe BC1) - Paralímpiadas Escolares 2017.

_*JEESP - JOGOS ESCOLARES DO ESTADO DE SÃO PAULO - SELETIVA PARA AS PARALÍMPIADAS ESCOLARES.*_
🥇 Ouro - Miguel Ievenes (Classe BC2) - Jogos Escolares do Estado de São Paulo 2019.
🥈 Prata - Caio Martins (Classe BC2) - Jogos Escolares do Estado de São Paulo 2019.
🥉 Bronze - Luana Batista (Classe BC1) - Jogos Escolares do Estado de São Paulo 2019.
🥉 Bronze - Gabriel Lira (Classe BC2) - Jogos Escolares do Estado de São Paulo 2019.
🥇 Ouro - Rhuan Liberato (Classe BC1) - Jogos Escolares do Estado de São Paulo 2018.
🥇 Ouro - Caio Martins (Classe BC2) - Jogos Escolares do Estado de São Paulo 2018.
🥇 Ouro - Thiago Silva (Classe BC4) - Jogos Escolares do Estado de São Paulo 2018.
🥈 Prata - Miguel Ievenes (Classe BC2) - Jogos Escolares do Estado de São Paulo 2018.
🥉 Bronze - Gabriel Lira (Classe BC2) - Jogos Escolares do Estado de São Paulo 2018.
🥇 Ouro - Rhuan Liberato (Classe BC1) - Jogos Escolares do Estado de São Paulo 2017.
🥈 Prata - Luana Batista - (Classe BC1) - Jogos Escolares do Estado de São Paulo 2017.
🥈 Prata - Miguel Ievenes (Classe BC2) - Jogos Escolares do Estado de São Paulo 2017.
🥉 Bronze - Victor Morcelli (Classe BC4) - Jogos Escolares do Estado de São Paulo 2017.
🥈 Prata - Luana Batista - (Classe BC1) - Jogos Escolares do Estado de São Paulo 2016.
🥉 Bronze - Gustavo Moraes (Classe BC2) - Jogos Escolares do Estado de São Paulo 2016.
🥈 Prata - Gustavo Moraes (Classe BC2) - Jogos Escolares do Estado de São Paulo 2015.
🥇 Ouro - Júlia Oliveira (Classe BC1) - Jogos Escolares do Estado de São Paulo 2013
🥇 Ouro - Ian Michael (Classe BC1) - Jogos Escolares do Estado de São Paulo – 2013

ATLETISMO PARALÍMPICO

Atualmente, a modalidade faz parte do programa de esporte de rendimento da ADD, sendo composta por atletas 10 atletas que participam de provas e eventos organizados pelo CPB, provas de rua, jogos regionais e abertos do interior representado a ADD.

Entre os atletas da equipe estão uma das melhores atletas do Brasil, Odair Ferreira dos Santos, medalhista Paraolímpico na modalidade de atletismo T11 (cego) Yeltisin Francisco Ortega Jacques, medalhistas Paralímpico, Arisosvaldo da Silva (Parré) atleta Paralímpico da modalidade de atletismo em cadeira de rodas, campeão Parapanemericano nos 100 mts categoria T53 (cadeirante).

A ADD por meio de parcerias auxilia o processo de descoberta de novos talentos para a categoria de corrida com prótese e com cadeira de atletismo. Em 2013 proporcionamos o início do treinamento de rendimento do atleta Vinicius Gonçalves, que vem se destacando através da sua rotina de treinamentos e auxilio da instituição.

A ADD apoia e incentiva a prática do atletismo paralímpico desde 2003, com o objetivo de proporcionar ao praticante a oportunidade de participar de provas e competições oficiais da modalidade.


blog-single-image

Fotos