NOTÍCIAS

07/11/2014
 
Diário Esportivo: Acompanhe o dia a dia da Sabrina Custódia na prova de Triathlon, em San Diego
Evento é organizado pela CAF - Challenged Athletes Foundation

Chegamos na Califórnia por volta das 13hs (horário local), em seguida fomos à Universidade de Loma Linda, onde fica uma parte da CAF - Challenged Athletes Foundation. Os universitários estavam tento aula e nos convidaram para contar as nossas histórias e experiências.

 

Na sexta, pela noite, tivemos um jantar, em San Diego, com organizadores, apoiadores e atletas da CAF, onde foi feita uma homenagem ao ator Robim Williams que participava e apoiava todos os anos. Esse jantar acontece anualmente para comemorar cada ano que passa e para homenagear atletas que se destacam no ano e se supera.

 

No sábado, a programação foi intensa. Primeiro participamos de uma clínica de esporte e aprendemos exercícios educativos de corrida e postura, depois resistência e, por último, fomos separados em dois grupos e fizemos uma simulação de competição. Todo mundo participou: crianças, jovens, adultos e até alguns idosos todos com próteses de corrida. Pela tarde, teve um congresso técnico da Possabilities para recebemos os uniformes e os números de competição.

 

Domingo foi o dia da competição. Estava muito ansiosa, pois era a primeira vez que iria nadar em mar aberto. A largada foi dada às 7h da manhã e aí caímos no mar. Tínhamos 1 milha (1.600 metros) pela frente! Quando entramos no mar, estranhei um pouco porque só tinha nadado em piscina. No começo, fiquei nervosa e com medo e comecei a engolir água, Virei de costas e lembrei dos conselhos da minha professora de natação, Marta Mitsui Iso, me acalmei e passei a nadar tranquilamente até o final, conquistando a minha primeira medalha.

 

Logo em seguida, teve a transição para a corrida de 10 milhas (16 km). No meio do percurso aconteceu um pequeno acidente, tropecei e levei um tombo, mas em seguida me levantei e comecei a correr novamente até o final conquistando a segunda medalha de participação.

 

Esses dias que passei na Califórnia , foram inesquecíveis. Participei e convivi com pessoas impressionantes, pessoas com deficiência e sem deficiência que me ensinaram muito: a ter mais garra e  ser mais profissional. Na prova,  me senti muito feliz e orgulhosa de mim por ter conseguido completar as duas provas (natação e corrida). Agradeço muito a ADD, a POSSABILITIES e ao amigo e conselheiro Paulo de Ameida e Fabio Maia.



 
 
 

©2016 ADD - Associação Desportiva para Deficientes - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: